(11) 9.4510-5072 contato@topict.com.br
#Blog
As 6 principais tendências de transformação digital na educação

Autor: Departamento de Comunicação – Topict Learning

Os educadores estão percebendo os benefícios da tecnologia na sala de aula. Normalmente, a educação é uma das últimas indústrias a fazer grandes mudanças, ainda mantem métodos e práticas antiquadas.

Mas através da transformação digital e da ascensão da tecnologia educacional, os professores começaram a fazer mudanças drásticas em suas instruções, avaliações, até mesmo na composição física de suas salas de aula, e em um ritmo muito mais rápido do que o esperado.

Estas tendências atuais estão fazendo manchetes na educação por causa do impacto na aprendizagem do estudante:

1. Realidade Aumentada / Realidade Virtual / Realidade Mista

Já se foram os dias em que se espera que os alunos se sentassem em silêncio em suas mesas para ouvir aulas expositivas.

A tecnologia educacional está conseguindo tornar o aprendizado mais colaborativo e interativo.

A realidade aumentada, virtual e mista são exemplos de como a tecnologia transforma e aprimora a instrução do professor e, ao mesmo tempo, cria lições imersivas que são divertidas e envolventes para o aluno. A realidade virtual tem a capacidade de trazer o mundo exterior para a sala de aula e vice-versa.

Aplicativos como o Unimersiv podem transportar estudantes para a Grécia antiga, enquanto o Cospaces permite que os alunos compartilhem suas criações virtuais com o mundo.

A realidade virtual tem o potencial de aumentar a alfabetização visual, a alfabetização tecnológica e a atenção ao público.

A ideia de combinar RA / RM / RM é altamente esperada.

2. Conjunto de dispositivos para salas de aula

As escolas estão se afastando do BYOD (em inglês Bring Your Own Device e Traga Seu Próprio Aparelho, em português) ou trazendo seu próprio dispositivo, e os alunos não precisam mais ir ao laboratório de informática para acessar um computador ou laptop. Os últimos anos mostraram um aumento significativo de computadores em sala de aula, Os Chromebooks do Google são responsáveis por mais da metade dos dispositivos nas salas de aula dos EUA.

Em 2014, mais de três milhões de Chromebooks foram usados em instituições educacionais.

À medida que esse número continua a crescer, cresce também a necessidade de um foco maior em programas que ensinam habilidades de cidadania digital.

O atual ambiente esta cada vez mais abrangente e on-line, apresenta possibilidades interessantes, que exigem que os alunos sejam instruídos adequadamente sobre segurança cibernética e responsabilidade individual.

3. Redesenhando os espaços de aprendizagem

Na maioria das salas de aula em países do hemisfério norte é improvável encontrar fileiras de mesas apontando para a frente da sala.

Os educadores perceberam que suas salas de aula devem imitar a força de trabalho, o que os inspirou a criar espaços favoráveis à colaboração para facilitar o aprendizado dos alunos.

A integração da tecnologia apoiou seu esforço.

As salas de aula do século XXI são SMARTboards em vez de quadros-negros e pods de SMARTdesks, em vez de assentos individuais.

Os alunos estão indo em viagens de campo virtuais em vez de simplesmente ler um texto; eles estão criando mídia em vez de apenas olhar para ela.

O espaço de aprendizado redesenhado é carregado com tecnologia integrada, o que significa que os alunos não estão apenas usando essas coisas, mas estão entendendo como usá-los para atingir um objetivo específico.

4. Inteligência Artificial

O uso de IA no ensino superior já se mostrou útil.

A Deaken University da Austrália utilizou o IBM Watson para criar um serviço virtual de consultoria aos alunos que estava disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.

Os consultores virtuais de Watson apresentaram mais de 30.000 perguntas no primeiro trimestre, liberando os conselheiros reais para lidar com problemas mais avançados.

Outro uso para IA inclui chatbots. Como os chatbots são equipados com o Natural Language Progression, como encontrado no Siri da Apple, que têm a
capacidade humana de responder a perguntas sobre tarefas escolares, ajudando os alunos em um processo burocrático, como ajuda financeira ou pagamento de contas, e facilitando a carga de trabalho das pessoas que normalmente atendem esses serviços.

Outras aplicações da IA ​​na educação incluem a personalização da aprendizagem, avaliando a qualidade do currículo e do conteúdo, e facilitando a tutoria individual com o uso de Sistemas Inteligentes de Tutoria.

Contudo, a tecnologia não visa substituir os professores, apenas serve para complementá-los.

5. Aprendizagem personalizada

Somos capazes de personalizar a aprendizagem mais do que nunca.

Da escolha da escola – pública, privada, virtual – às opções disponíveis para o aprendizado de um aluno, a educação pode ser feita sob medida para cada indivíduo. A aprendizagem combinada dá mais responsabilidade ao aluno, pois envolve menos instrução direta do professor e mais métodos de aprendizagem baseados na descoberta.

A aprendizagem combinada é um exemplo de como os alunos podem controlar certos elementos de seu aprendizado tomando decisões sobre coisas como onde e a que passo elas se movem através do material.

O aprendizado adaptativo é semelhante ao combinado, pois também permite que os alunos tomem decisões sobre coisas como o cronograma e o caminho de seu aprendizado.

A tecnologia de aprendizado adaptável coleta informações sobre o comportamento dos alunos enquanto eles respondem às perguntas e, posteriormente, usa essas informações para fornecer feedback instantâneo a fim de ajustar a experiência de aprendizado de acordo. As ferramentas educacionais com SEQUENCE adaptativa analisam continuamente os dados dos alunos em tempo real e tomam decisões de segunda divisão com base nesses dados.

Ele altera automaticamente o que vem a seguir em uma sequência, seja um conteúdo alterado ou uma ordem diferente de habilidades, em resposta a como o aluno está se saindo.

Outra plataforma de aprendizagem, a Osmose, foi criada por médicos para médicos e revolucionou a forma como médicos estudam – usando conceitos educacionais baseados em evidências, como perguntas, flashcards e vídeos, imagens correlacionadas com âncoras de memória, repetição espaçada adaptativa, aprendizado colaborativo e gamificação, para maximizar o aprendizado e a retenção.

Essa personalização está transformando a educação em numa escolha, ou melhor, “escolha a sua própria aventura" como método de aprendizagem, aproveitando o interesse e engajamento do aluno.

6. Gamificação

Brincar e aprender colidem quando as salas de aula utilizam o jogo como uma ferramenta de instrução.

A tecnologia de jogos torna o aprendizado de assuntos difíceis, mas mais emocionante e interativo.

À medida que a tecnologia avança, ela está sendo usada rapidamente para melhorar os jogos educacionais em todas as disciplinas. A vice- presidente sênior de aprendizagem on-line da Drexel University, Susan Aldridge, credita que esses jogos a espelhar questões da vida real, exigem dos alunos, um conjunto valioso de habilidades para resolvê- los: “Esses mundos virtuais oferecem uma oportunidade única de aplicar novos conhecimentos para tomada de decisões, enquanto identificamos obstáculos, considerando múltiplas perspectivas e ensaiando várias respostas. ”Como esses jogos são projetados para fornecer feedback imediato, tornam os alunos mais motivados a continuar jogando, aprimorando suas habilidades.

As novas tecnologias e os novos modelos de aprendizado são empolgantes e oferecem possibilidades inimagináveis ​​para os estudantes, mas exigem suporte constante de TI (Tecnologia da Informação).

À medida que as instituições educacionais continuam a seguir em frente e adotar essas tendências de transformação digital, devemos considerar o atual paradigma de instrução tecnológica e avançar para uma abordagem baseada em equipe.

À medida que as expectativas dos alunos aumentam a capacidade de resposta a essas necessidades também deve aumentar.

Compartilhe esta informação com seus amigos e/ou colegas de trabalho:


Telefone: 11 9.4510-5072
E-mail: contato@topict.com.br
| Links úteis | Cursos | Receba novidades e lançamentos
| Nossas Redes
todos os direitos reservados 2018       Politica de privacidade
×
Olá em que posso ajudar?